Ramacrisna está entre as 100 Melhores ONG’s do Brasil

Saiba ainda como contribuir com o Instituto o e ainda ficar em dia com a Receita Federal

Muitas pessoas tem dúvida e receio na hora de escolher uma Instituição do Terceiro Setor para ser voluntário ou mesmo para destinar recursos, por exemplo, pelo Imposto de Renda. Será que é uma organização séria e comprometida a transformar a vida de crianças e adolescentes? Pensando nestas questões uma premiação promovida pela consultoria Mundo Que Queremos, o Instituto Doar e a Rede Filantropia foi criada para valorizar as organizações filantrópicas que se destacam pelo trabalho em prol da sociedade com boas práticas de gestão e transparência. Para tal, são avaliados os processos administrativos, contábeis, financeiros e de comunicação para selecionar as 100 melhores entre as mais de 300 mil instituições em atuação no país.

E entre estas instituições, o Instituto Ramacrisna novamente foi reconhecido como uma das 100 melhores ONG’s do Brasil e a melhor em Assistência Social e no dia 1º de novembro no Museu de Arte Moderna, no Parque do Ibirapuera recebeu o selo “Melhores ONG’s 2018”. O instituto foi criado há 59 anos pelo jornalista Arlindo Corrêa da Silva, e sempre focou suas ações no desenvolvimento de crianças e adolescentes em vulnerabilidade social por meio de atividades de apoio pedagógico e educação complementar no contraturno escolar e desenvolvimento de jovens com projetos de profissionalização, aprendizagem e geração de trabalho e renda. Atualmente, a instituição atende, além da comunidade em situação de vulnerabilidade social de Betim, outras nove cidades da região metropolitana de Belo Horizonte.

Para Solange Bottaro, vice-presidente do Ramacrisna, reconhecimentos como esse são a prova de que estão no caminho certo. “Ficamos lisonjeados em receber um prêmio de tamanha importância como esse. É um incentivo para continuarmos”, completa.

AJUDE A TRANSFORMAR A VIDA DE MILHARES DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES

Você sabia que é possível ficar em dia com a Receita Federal e ainda ajudar quem precisa? Por meio do Fundo da Infância e Adolescência, o FIA, Pessoa Jurídica pode destinar até 1% e Pessoa Física até 6% do Imposto de Renda para instituições sociais até  o último dia útil de dezembro. A destinação dos recursos para o FIA não interfere em outras deduções e não gera custos para o doador.

O FIA é amparado pela Lei Federal nº 8.069/90 e tem como objetivo arrecadar recursos para financiar projetos que atuam na proteção e defesa dos direitos da criança e adolescente. Os recursos são aplicados exclusivamente nessa área e a aplicação dos recursos é fiscalizada pelo Ministério Público e Tribunal de Contas do Estado. Não é gerado nenhum custo extra para o contribuinte, já que a doação leva a Receita a destinar parte do valor que ficaria com ela para uma instituição.

Em Betim, região metropolitana de Belo Horizonte, o Instituto Ramacrisna é uma dessas instituições que recebem doações por meio do FIA.

COMO DOAR

As empresas  podem doar 1% do imposto para o FIA. Toda empresa tributada por lucro real pode participar e a destinação é registrada no ativo circulante para posterior transferência à conta de provisão do IR. A empresa faz o depósito em dinheiro via DOC para a conta do FIA até o último dia útil de dezembro. (Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Betim. Banco do Brasil Ag: 750-1 Conta: 102.185-0 CNPJ: 21101865/0001-14). Em seguida, envia uma cópia do comprovante do depósito para o Conselho da Criança e Adolescente de Betim (cmdcafiabetim@gmail.com) com cópia para Ramacrisna (ramacrisna@ramacrisna.org.br). O Conselho da Criança e Adolescente emite um recibo que deve ser arquivado pela empresa.

Em caso de dúvidas sobre o processo de destinação do Imposto de Renda, entre em contato com a Ramacrisna pelo site www.ramacrisna.org.br/destinacao-ir/ ou (31) 3438-5500.

Ramacrisna

LEIA TAMBÉM

Manual sobre a Lei da Aprendizagem!

VEJA AS VANTAGENS E BENEFÍCIOS
CLIQUE AQUI E CONHEÇA O FIA