Vice-presidente da Instituição Ramacrisna participa do “Ciclo de Fomento 2016”

No dia 25 de maio, às 14h, na Associação do Ministério Público, a vice-presidente da Instituição Ramacrisna, Solange Bottaro, participa do “Ciclo de Fomento 2016”. Com o tema “Pequenos recursos, grandes negócios”, Solange vai apresentar o case sobre a unidade produtiva da Instituição, a Fábrica de Telas de Arame Ramacrisna, que tornou a Organização conhecida como instituição do Terceiro Setor referência em projetos de autossustentabilidade.

Essa proposta inovadora do fundador da organização, Arlindo Corrêa da Silva, teve início na década de 1970. Todo lucro obtido pela venda de telas, cercas e alambrados, desde sua criação, foi sempre destinado ao setor social da Ramacrisna. Este é um diferencial importante da Instituição, ter uma unidade fabril com o objetivo de dar sustentabilidade às atividades sociais desenvolvidas. A receita constante da Indústria de Telas garante mais uniformidade e uma qualidade melhor no nível de atendimento as pessoas amparadas pela instituição social. Poucas são as instituições no país que utilizam este recurso, tornando a Ramacrisna uma referência no Brasil e no mundo em autossustentabilidade.

Para Solange Bottaro é importante manter a diversificação das fontes de recursos, pois assim proporciona à instituição uma atuação continuada, sem perda da qualidade dos serviços oferecidos à comunidade. “Através da geração de recursos próprios as Organizações Sociais passam a atuar com mais autonomia, mantendo a continuidade e qualidade das atividades sociais oferecidas aos diferentes públicos em situação de vulnerabilidade social”, explica.

As Telas Ramacrisna têm como mercado além de Minas Gerais, todos os estados do Brasil e utiliza matéria prima da Belgo Bekaert, sinônimo de qualidade. Com equipamentos automatizados, modernos e altamente eficientes, produz com excelência a entrega com rapidez e pontualidade as telas produzidas. Cercas para alambrado de campos esportivos, canis, indústrias, sítios e fazendas, telas específicas para piscicultura e avicultura, e telas revestidas em PVC em cores, são alguns dos produtos ofertados. A Fábrica de Telas Ramacrisna tem ampliado suas ações, através de um Plano de Negócios desenvolvido pela Fundação Dom Cabral, dentro do Projeto POS – Parceria com Organizações Sociais da FDC.

O Ciclo de Fomento, uma realização do Ministério Público de Minas Gerais por meio do Centro de Apoio ao Terceiro Setor, juntamente com o Centro Mineiro de Aliança Intersetoriais – CeMAIS e Tomáz de Aquino Costa Vilar Sociedade de Advogados, é um instrumento de organização da sociedade, que busca, por meio do diálogo e envolvimento dos diversos setores, coordenar esforços para alcançar objetivos comuns.

13124608_1018050204950133_5593534008628923706_n

Ramacrisna

Promovendo sonhos e transformando vidas.

LEIA TAMBÉM

Manual sobre a Lei da Aprendizagem!

VEJA AS VANTAGENS E BENEFÍCIOS
CLIQUE AQUI E CONHEÇA O FIA