Ramacrisna vai receber o escritor Alfredo Gomes da Costa para palestra voltada para educadores

“Educação Integral: Inovações de Conteúdo, Método e Gestão!” é o tema da palestra, que o pedagogo e escritor, Alfredo Gomes da Costa, irá proferir, no dia 27 de novembro, sexta-feira, às 9h, na sede da Ramacrisna, em Betim. A palestra, aberta ao público, será voltada para dirigentes, professores e técnicos que atuam no campo do desenvolvimento social e da ação educativa, buscando a efetividade da educação integral.

Segundo Alfredo Gomes da Costa, na atualidade, ainda é recorrente, no meio educacional brasileiro, o equívoco alimentado por um segmento que interpreta a educação integral como sinônimo de escola de tempo integral. A palestra, pensada para organizações que atuam no campo do desenvolvimento social e da ação educativa, busca a efetividade na educação integral. O resultado esperado é o de sintonizar os participantes com o que há de melhor no arcabouço das correntes e tendências de pensamento e ação, que, atualmente, configuram a educação integral, favorecendo o desenvolvimento da competência técnica, do compromisso ético e da vontade política dos participantes. “Minha missão é ajudar as pessoas e as organizações a cumprirem a sua missão”, ressalta Costa.

Alfredo Gomes da Costa é consultor no campo do desenvolvimento humano, pós-graduado em Administração de Recursos Humanos. Prestou serviços técnicos em todas as capitais do país para grandes organizações como: Instituto Ayrton Senna, Fundação Roberto Marinho, Canal Futura, Fundação Bradesco, Instituto Alpargatas. Dentre as suas publicações, destaca-se o livro “Adolescentes em Ação! Ser, Conviver, Conhecer e Fazer no Século XXI”.

Serviço:
Data: 27 de novembro de 2015
Horário: 9h
Local: Centro Cultural Ramacrisna – Rua Mestre Ramacrisna, 379, Santo Afonso – Betim
Informações: (31) 3438- 5500

Sobre a Ramacrisna
Criada pelo jornalista paraibano Arlindo Corrêa da Silva, a Ramacrisna desenvolve, há 56 anos, projetos culturais, educacionais, profissionalizantes, de lazer, entre outros, voltados para comunidade em situação de vulnerabilidade social de Betim e 8 cidades do entorno. O nome da instituição é em homenagem ao filósofo indiano Sri Ramakrishna, ecumenista que viveu no século 19 e pregava o trabalho social como forma de transformação do ser humano. Ela se tornou conhecida em todo o Brasil como instituição do Terceiro Setor referência em projetos de autossustentabilidade por possuir uma Fábrica de Telas de Arame. O lucro obtido com as vendas é destinado ao setor social da Ramacrisna, garantindo mais autonomia e uniformidade no atendimento às pessoas amparadas pelos projetos. Visando potencializar as estratégias de gestão da instituição, em 2008, uniu-se a FDC – Fundação Dom Cabral, que está entre as melhores escolas de negócios do mundo pelo ranking da Financial Times. A Ramacrisna ainda coleciona, desde sua fundação, diversas premiações renomadas, como o Prêmio Mineiro de Excelência da Gestão das Entidades do Terceiro Setor, promovido pela SEPLAG – Secretaria de Planejamento e Gestão de MG e o 1º lugar do Prêmio Objetivos de Desenvolvimento do Milênio – Educação de Qualidade para todos, do Governo de Minas. Somente em 2014, a instituição atendeu 132.015 pessoas em sua sede e em parceria com o Poder Público.

Ramacrisna

Promovendo sonhos e transformando vidas.

LEIA TAMBÉM

Manual sobre a Lei da Aprendizagem!

VEJA AS VANTAGENS E BENEFÍCIOS
CLIQUE AQUI E CONHEÇA O FIA