Ramacrisna participa de Fórum e Seminário da Rede de Bibliotecas Públicas e Comunitárias de Betim

Na próxima semana, Betim recebe dois importantes eventos que discutem a literatura e a sustentabilidade das bibliotecas, o Fórum de Sustentabilidade da Rede de Bibliotecas Públicas e Comunitárias de Betim e o 6º Seminário de Leitura da Rede de Bibliotecas Públicas e Comunitárias de Betim.

O Fórum será realizado na terça-feira, 21 de novembro, das 18h às 21h, na Biblioteca Pública  Leonor Aguiar Batista e vai discutir a importância da Biblioteca Pública e Comunitária na formação do leitor com Cleide Fernandes, Superintendente do Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas de BH. Outro destaque da programação é o debate sobre as políticas públicas do livro com Renata Silveira da Costa, Secretária Executiva do PNLL – Plano Nacional do Livro e Leitura, Rosana de Mont’Alverne Neto, Presidente da Câmara Mineira do Livro, e Lucas Guimarães, Superintendente de Biblioteca Pública e Suplemento Literário de MG.

Já o Seminário será realizado na quarta-feira, 22 de novembro, das 8h às 17h, na Ramacrisna e terá apresentação da Orquestra Jovem Ramacrisna, oficinas e palestras sobre o lugar da literatura na infância, construção de personagem, entre outros. Os interessados em participar do Seminário devem se inscrever no telefone (31) 3593-8023 ou pelo e-mail bibliotecaleonor@yahoo.com.br.

A Ramacrisna mantém um acervo de literatura infanto-juvenil e adulto com mais de cinco mil livros. A biblioteca da Instituição integra a Rede de Bibliotecas Públicas e comunitárias de Betim, Rede Estadual de Bibliotecas Comunitárias Sou de Minas Uai e da Rede Nacional de Bibliotecas Comunitárias.

Em 2016, foram atendidas 4.902 pessoas na Biblioteca e mais 1.120 foram beneficiadas com o projeto Mala de Leitura, premiado em 2013 como o melhor Projeto de Incentivo a Leitura todo o Brasil pela Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil. Esse projeto consiste em incentivar a leitura nas instituições que não possuem nenhum tipo de acervo como escolas públicas e creches comunitárias. A mala comporta aproximadamente 40 livros que se transforma em uma “estante expositora” quando é aberta, já que a maioria das instituições atendidas também não conta com um espaço adequado para a exposição dos livros.

                                       

Ramacrisna

Promovendo sonhos e transformando vidas.

LEIA TAMBÉM

BAIXE O MANUAL GRÁTIS

VEJA AS VANTAGENS E BENEFÍCIOS
CLIQUE AQUI E CONHEÇA O FIA