3º Festival de Música Primavera da Ramacrisna será em comemoração ao Dia dos Músicos

As apresentações musicais, que acontecem de 16 a 18 de novembro, serão abertas ao público

O Dia do Músico é comemorado todos os anos no dia 22 de novembro. Esta data celebra os profissionais e artistas que criam, tocam e estudam as melodias e harmonias, que encantam as pessoas há milhares de anos. Em homenagem ao Dia do Músico a Ramacrisna realiza nos dias 16, 17 e 18 de novembro, de 9h às 14h, à rua Mestre Ramacrisna, 379, bairro Santo Afonso, o 3º Festival de Música Primavera. Durante o evento são oferecidas aulas teóricas e práticas dos vários instrumentos, para os alunos da Orquestra Jovem Ramacrisna, apresentações dos alunos, de grupos e orquestras convidadas. O Festival, aberto ao público, mobiliza alunos, funcionários, famílias dos músicos, comunidade e convidados.

De acordo com a vice-presidente da Ramacrisna, Solange Bottaro, “o Festival Primavera tem uma função cultural de grande relevância, mas também seu viés social, valorizando as crianças e jovens da Orquestra Jovem Ramacrisna perante suas famílias e comunidade e ao mesmo tempo permitindo a socialização com outros grupos musicais, ampliando seus horizontes e competências musicais”.

Banner_Orquestra

Segundo o maestro Eliseu Barros, toda iniciativa cultural traz sempre um benefício à comunidade onde é contemplada, pois apresenta uma novidade de boa qualidade na rotina das pessoas envolvidas. Quando esta iniciativa se apresenta em forma de um festival de música clássica, se torna mais enriquecedor ainda por que coloca pessoas em contato com uma música de altíssima qualidade espiritual (por isso ela subsiste a mais de trezentos anos) fazendo brotar delas os mais sensíveis sentimentos humanos delineado por melodias que tocam o coração e a alma das pessoas, muito disso em função de serem executadas por instrumentos de rara beleza de sonoridade como violinos, viola de orquestra, violoncelos, contrabaixo acústico, flautas, oboés e clarinetas. “O festival serve em muito para trazer mais ainda motivação aos alunos, uma vez que eles são envolvidos em uma atmosfera musical, fruto de um curso intensivo e intenso por conta da programação diversificada, além da oportunidade de contatos mais frequentes com músicos de enorme bagagem profissional, como é o caso da Família Barros que serão professores no festival”, ressalta Barros.

Programação:
16/11 – 14h: Orquestra Jovem Ramacrisna
17/11 – 9h: Família Barros – Terceira Geração
17/11 – 14h: Orquestra Sinfônica da Polícia Militar de Minas Gerais
18/11 – 15h: Coral Jovem do Sesc

Aulas – 9h às 12h:
16/11 – Eliseu Barros (regência orquestral)
16/11 e 18/11 – Alexandre Barros (flauta e oboé)
16/11 e 18/11 – Elias Barros (violino e viola)
16/11 e 18/11 – William Barros (viola e clarineta)
16/11 e 18/11 – Eduardo Shuerzts (celo)

Maestro Eliseu Barros:
Bacharel em violino pela UFMG e Pós-graduado em Neurociência e Psicanálise aplicada a Educação pela faculdade São Camilo, Eliseu integrou as Orquestras Jovens do MERCOSUL entre 2001 e 2003 e a Mundial no Japão, promovida pelo Pacific Music Festival em 2000. Professor de Viola na UFMG entre 2005 e 2006, venceu o Concurso Jovens Solistas de Juiz de Fora (1991 e 1993), UFMG (1991 e 1992), Orquestra Sinfônica de São Paulo (1996) e UFMG Música de Câmara com o Quarteto Mineiro de Cordas (2000). Solou e regeu concertos com as Orquestras Sesiminas-Musicoop, Sinfônica da UFMG e Sinfônica de Cuiabá.
Atualmente é regente e coordenador da orquestra jovem do Sesc-MG.

Professores
Elias Barros – Bacharel pela UFMG, espala da Orquestra de Câmara Sesi Minas, Professor de violino da Orquestra Jovem Ramacrisna.
Alexandre Barros – Primeiro oboísta da Filarmônica de Minas Gerais, professor em diversos festivais de música pelo Brasil, Professor de sopros (Oboé e flauta) Orquestra Jovem Ramacrisna.
William Barros – Músico violinista, clarinetista e violista premiado em concurso de jovens solistas no Brasil, violinista da Sinfônica de Minas Gerais e Orquestra de Camara Sesi Minas, professor de clarineta e viola Orquestra Jovem Ramacrisna.
Eduardo Swerts – Graduou-se pela UEMG. Seguiu seus estudos na Alemanha, onde concluiu o Mestrado, o Artist Diploma e o curso de Música de Câmara na Musikhochschule Münster e na Robert Schumman-Hochschule Düsseldorf. Atualmente é violoncelista da Filarmônica de Minas Gerais.

Orquestra Jovem Ramacrisna
Regência do Maestro Eliseu Barros – Em junho de 2005 a Ramacrisna criou a Orquestra Jovem com o objetivo de trazer para a realidade das crianças e jovens, em situação de risco pessoal e social da comunidade de Vianópolis, em Betim, com idades entre 9 e 25 anos a beleza do universo da música clássica. Com o projeto, 73 músicos frequentam aulas de teoria musical e pratica em instrumentos de cordas e sopro.  Os renomados professores da família Barros, ministram aulas por naipes: Alexandre (sopro), Elias (violino) e Wiliam (teoria musical, baixo, violoncelo) acompanham o Maestro Eliseu na missão de promover o desenvolvimento musical desses talentosos músicos.

Coral Jovem SESC
Iniciado em 2012, o Coral Jovem Sesc é um projeto de formação em canto coral que nasceu na Orquestra de Câmara Sesc. Atualmente, é regido pela maestrina Flávia Campanha e é composto por 133 crianças e jovens, com idades entre 10 e 20 anos, estudantes da rede pública da Região Metropolitana de Belo Horizonte. Como parte de seu processo pedagógico, apresenta-se em diversos eventos institucionais e culturais da capital e do interior de Minas. O repertório é misto, composto por canções eruditas e populares.

Orquestra Sinfônica da Polícia Militar de Minas Gerais
No ano de 1949, nascia oficialmente a Orquestra Sinfônica da Policia Militar.
Com a missão de resguardar e difundir a boa música em nosso Estado, contou ao longo de sua história com colaboradores ilustres como o Coronel Sebastião Vianna – assistente de Villa Lobos – dentre outros. A partir da década de 50 recebeu investimentos do Governador Juscelino Kubitschek para a aquisição de partituras e instrumentos musicais.
Intitulada patrimônio cultural do Povo Mineiro, mesclando em suas apresentações o erudito e o popular, alcança lugar de destaque por ser reconhecidamente a única Orquestra Sinfônica Militar, elevando ainda mais o nome da Corporação.
Ao lado da Atividade Operacional, a Orquestra desempenha sua função específica no resguardo da Tradição Cultural da Polícia Militar e do Estado de Minas Gerais. Interliga a Instituição a todos os seguimentos da Sociedade e consolida parcerias, onde o resultado é a perfeita harmonia na prestação de Segurança Pública.

Sobre a Ramacrisna
Criada pelo jornalista paraibano Arlindo Corrêa da Silva, a Ramacrisna desenvolve, há 56 anos, projetos culturais, educacionais, profissionalizantes, de lazer, entre outros, voltados para comunidade em situação de vulnerabilidade social de Betim e 8 cidades do entorno. O nome da instituição é em homenagem ao filósofo indiano Sri Ramakrishna, ecumenista que viveu no século 19 e pregava o trabalho social como forma de transformação do ser humano. Ela se tornou conhecida em todo o Brasil como instituição do Terceiro Setor referência em projetos de autossustentabilidade por possuir uma Fábrica de Telas de Arame. O lucro obtido com as vendas é destinado ao setor social da Ramacrisna, garantindo mais autonomia e uniformidade no atendimento às pessoas amparadas pelos projetos. Visando potencializar as estratégias de gestão da instituição, em 2008, uniu-se a FDC – Fundação Dom Cabral, que está entre as melhores escolas de negócios do mundo pelo ranking da Financial Times. A Ramacrisna ainda coleciona, desde sua fundação, diversas premiações renomadas, como o Prêmio Mineiro de Excelência da Gestão das Entidades do Terceiro Setor, promovido pela SEPLAG – Secretaria de Planejamento e Gestão de MG e o 1º lugar do Prêmio Objetivos de Desenvolvimento do Milênio – Educação de Qualidade para todos, do Governo de Minas. Somente em 2014, a instituição atendeu 132.015 pessoas em sua sede e em parceria com o Poder Público.

Ramacrisna

Promovendo sonhos e transformando vidas.

LEIA TAMBÉM

Manual sobre a Lei da Aprendizagem!

VEJA AS VANTAGENS E BENEFÍCIOS
CLIQUE AQUI E CONHEÇA O FIA